Any girl loves dolls!

Any girl loves dolls!

A voz feminina soou pelos falantes da aeronave e solicitou a abertura das persianas. Lá fora o dia começava, os primeiros raios de sol perfurando a densa camada de nuvens brancas. O tempo estimado para o pouso era de quinze minutos, e Dalton pensou que talvez não morresse de desastre aéreo. Depois de outras informações […]

Leia Mais

Recomeço

Recomeço

Só hoje notei que as cadeiras já estão bambas e que a lâmpada do quintal, de súbito, em algum momento morreu. Percebi que a gaveta não mais fecha sua boca nem esconde sua língua seca de sem salivar, e que vilancetes e madrigais (ou mesmo rondós e haicais) por ora não fazem sentido. Através do […]

Leia Mais

O divórcio

O divórcio

Mathias acordou um pouco tarde naquele domingo. Também estava um pouco mal humorado, talvez pelo excesso de bebidas da noite anterior. Pensou que poderia estar bebendo além da conta desde o divórcio, mas logo deixou esse pensamento de lado. Precisava tomar um banho e se aprontar rápido, caso não quisesse dar mais explicações durante o […]

Leia Mais

Erato

Erato

Suas costas europeias te faltam asas e penas onde eu possa diariamente contar poemas e é quase o espaço entre as suas costelas o ar que me prende me falta e me encerra. Seu ombro comigo pode ser leito pras minhas narinas e mesmo pra aves eventuais e sua boca quando assim carmesim, só me […]

Leia Mais